Categoria
Compartilhe

Compartilhe por email

Preencha o nome e email para quem você deseja compartilhar
Representantes da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) e do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) estiveram ontem, dia 21, em agenda com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. No encontro, realizado no Palácio Piratini, em Porto Alegre/RS, a superintendente da Assintecal, Silvana Dilly, ressaltou a importância do setor para o Estado e a primeira realização do Inspiramais em solo gaúcho. 

Segundo Silvana, no Brasil são 2,4 mil indústrias de componentes de moda e tecnologia, químicos, máquinas para calçados e curtumes, sendo que mais de um terço delas estão localizadas em solo gaúcho. “O Rio Grande do Sul é atualmente o segundo maior produtor e maior exportador, em divisas geradas, do Brasil. Aqui no Estado temos um cluster bastante completo, que oferece do componente ao produto final. Por outro lado, é preciso que existam políticas públicas de incentivo à indústria do setor, que hoje tem sua competitividade prejudicada pelos altos custos de produção e o baixo investimento em P&D”, destacou. Na ocasião, o governador recebeu também uma publicação do projeto Iconografia Local dos Pampas, que traz referências do Rio Grande do Sul para a aplicação em materiais produzidos pela atividade.

Inspiramais
Além de apresentar o segmento, na oportunidade, a superintendente da Assintecal entregou convite para o Inspiramais, evento que acontecerá pela primeira vez no Rio Grande do Sul e lançará materiais de indústrias de base para calçados, confecções, móveis e bijuterias nos dias 25 e 26 de janeiro de 2022. Silvana ressaltou que o salão deve consolidar o momento da retomada da atividade, especialmente no mercado internacional. “Trata-se do maior salão de lançamentos para a indústria na América Latina e é natural que, neste momento de recuperação, no qual já acumulamos um crescimento de mais de 12% nos embarques até outubro, as expectativas sejam bastante positivas”, comentou. 

Dados elaborados pela Assintecal apontam que, de janeiro a outubro deste ano, as exportações de componentes geraram US$ 230,14 milhões, incrementos de 12,4% em relação ao mesmo período do ano passado e de 0,7% em relação a igual intervalo de 2019. Conforme avaliação da entidade, o registro é reflexo das dificuldades de abastecimento e encarecimento do frete, especialmente para importações da Ásia, que fazem com que grandes players da América Latina busquem componentes para a produção de seus calçados no Brasil.

O evento, que terá 150 expositores de materiais que devem receber mais de 7 mil compradores de todo o Brasil e do mundo, especialmente da América Latina, acontecerá no Centro de Eventos da FIERGS, em Porto Alegre/RS, e deve contar com a presença do governador gaúcho na sua abertura, dia 25 de janeiro. 

Além da Assintecal e do CICB, participou do encontro o deputado federal e presidente da Frente Parlamentar de Defesa do Setor Coureiro-calçadista, Lucas Redecker. 


Categoria
Compartilhe

Compartilhe por email

Preencha o nome e email para quem você deseja compartilhar

JÁ SOU CLIENTE

Acesse sua conta mais rápido! Faça seu login com o Facebook.
*O e-mail cadastrado deve ser o mesmo da conta do Facebook.
E-mail
Senha

NÃO SOU CADASTRADO

Faça seu cadastra de forma rápida e fácil, basta logar com o Facebook.
E-mail
Primeiro nome

Esqueci minha senha

Preencha seu e-mail abaixo. Você irá receber uma nova senha por e-mail.
E-mail

OPS!