Categoria
Compartilhe

Compartilhe por email

Preencha o nome e email para quem você deseja compartilhar

Afetada pela pandemia da Covid-19, a produção de calçados despencou 18,4% em 2020, somando 763,7 milhões de pares, pior número registrado em 16 anos. A exportação de calçados seguiu o ritmo e caiu 18,6%, chegando a 93 milhões de pares embarcados, pior resultado em 30 anos. O reflexo dos registros foi uma queda significativa no emprego gerado pela atividade, que encerrou o ano passado 7,9% menor do que em 2019, somando 247,4 mil postos diretos no Brasil. Esses e muitos outros números e análises micro e macroeconômicas estão disponíveis no Relatório Setorial Indústria de Calçados, que será lançado no próximo dia 15 de abril no evento Análise de Cenários, realizado pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) com o apoio de sindicatos parceiros do setor. 

A coordenadora de Inteligência de Mercado da Abicalçados, Priscila Linck, que estará ao lado do doutor em Economia Marcos Lélis na apresentação do Relatório, destaca que a publicação traz dados detalhados do setor, desde produção até exportações por destino, empregos por região brasileira, utilização da capacidade instalada, entre outros. “Também teremos projeções, por mais difíceis que elas sejam nesse cenário ainda muito incerto”, destaca Priscila. O objetivo, segundo Priscila, é auxiliar empresas na adoção de estratégias para o longo do ano, de acordo com o comportamento do mercado no curto e médio prazos. 

O Relatório Setorial cruza dados oficiais om ampla pesquisa realizada pela Abicalçados com empresas que respondem por 80% da produção do setor calçadista. 
  
O evento Análise de Cenários será realizado no formato digital a partir das 16 horas do dia 15 de abril. As inscrições são gratuitas por meio de preenchimento do formulário.


Confira alguns depoimentos de participantes das edições anteriores: 

“A análise ajuda muito a avaliarmos nossas estratégias e redirecionarmos nossas ações quando necessário” - Marcos Rabbe, COO da Paquetá Shoe Company

“Eu, particularmente, uso muito as matérias e análises construídas pelo time de Inteligência, materiais que nos permitem traçar uma linha com relação ao tamanho do desafio que iremos encontrar. Uso inclusive para direcionamento de orçamento”. - Thiago Borba, gerente de Inteligência de Mercado da Piccadilly

“Considerar na rotina comercial as ações do time de inteligência de mercado tal qual a análise de cenário é fundamental no quesito alinhamento das estratégias. A análise ajuda a construir melhores resultados e garantia de informação” - Rodrigo Nunes, gerente de Exportação da World Colors Brasil


Fonte: Abicalçados

 


Categoria
Compartilhe

Compartilhe por email

Preencha o nome e email para quem você deseja compartilhar

JÁ SOU CLIENTE

Acesse sua conta mais rápido! Faça seu login com o Facebook.
*O e-mail cadastrado deve ser o mesmo da conta do Facebook.
E-mail
Senha

NÃO SOU CADASTRADO

Faça seu cadastra de forma rápida e fácil, basta logar com o Facebook.
E-mail
Primeiro nome

Esqueci minha senha

Preencha seu e-mail abaixo. Você irá receber uma nova senha por e-mail.
E-mail

OPS!