Categoria
Compartilhe

Compartilhe por email

Preencha o nome e email para quem você deseja compartilhar
2º maior produtor europeu de calçados de segurança recebeu empresários brasileiros para A+A e Missão Comercial

Empresas brasileiras de componentes estão participando de uma missão comercial no País e da maior feira mundial de segurança, proteção e saúde no trabalho, A+A, através do projeto By Brasil. As ações aconteceram de 04 a 08 de novembro. 




O projeto é realizado pelo By Brasil, Components, Machinery and Chemicals - ação de incentivo às exportações realizada pela Assintecal e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), que conta com parceria com a Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos para os Setores do Couro, Calçados e Afins (Abrameq).

A missão já contou com com visita técnica ao Instituto de Tecnologia Textil da Universidade de Aachen e ao Footwear Innovation Lab. Em Aachen, indústria 4.0 foi o ponto principal dos assuntos abordados durante a visita, assim como ela pode auxiliar tanto em tecnologias para a produção, tanto como para o desempenho de funcionários. Além dessa visita, o grupo foi até Instituto PFI (Instituto de Teste e Pesquisa Pirmaseans, um centro de tecnologias para o setor calçadista, onde testou um simulador de pisada). O aparelho mede as partes do pé com mais impacto, para o desenvolvimento de materiais funcionais. 

Já a  A+A teve um total 2.121 expositores vindos de 63 países, colocados pela primeira vez em dez salas com mais de 78.000 metros quadrados e mais de 73.000 visitantes comerciais. Entre esses expositores, estiveram empresas brasileiras de componentes para calçados, com produção para área de segurança;



Participantes da A+A:
Flecksteel, Brisa, IBTeC, ITM e Globalfit.

Participantes da Missão Comercial:
Costa Oeste, Mared Têxtilm Master Equipamentos, Polako Matrizaria, Grupo Stickfran, Texfyt e W&A Solados

Saiba mais sobre o mercado alemão:

A Alemanha, tem uma população estimada em 82,8 milhões de habitantes, conforme dados de 2018, já para o ano de 2019, calcula-se uma população em torno de 83,1 milhões de habitantes.
As principais cidades alemãs são Berlim (Capital), Hamburgo, Munique e Colônia.
A parceria comercial mais significativa para a Alemanha é a sua atuação como país membro da União Europeia, que é o Bloco Comercial mais avançado a nível mundial. 

CENÁRIO ECONÔMICO
Em 2018, a Alemanha apresentou taxa de crescimento do PIB de 1,5%. Para os anos de 2019 e 2020, a estimativa é 0,5% e 1,2%, respectivamente. As previsões refletem um arrefecimento nos níveis de crescimento econômico a nível mundial.
No período 2012-2018, a inflação alemã oscilou entre 2,2% (2012) e 1,9% (2018). Para os anos de 2019 e 2020, as previsões apontam para uma taxa de 1,5% e 1,7%, respectivamente.

MERCADO CALÇADISTA
A Alemanha viu sua produção aumentar 45% nos últimos oito anos, atingindo 41 milhões de pares atualmente. Em 2018 foi o 4º maior exportador, com 306 milhões de pares, e caracterizou-se por ter sido o 7º maior consumidor mundial de calçados.
Em 2018, a indústria calçadista alemã produziu cerca de US$ 14,1 bilhões e 41 milhões de pares. Já o consumo total de calçados foi de US$ 15,8 bilhões em 2018, enquanto o consumo per capita foi de US$ 191.

As duas principais regiões de produção calçadista na Alemanha são Renânia – Palatinado Rheinland – Pfalz e Baviera – Bayern, as quais produzem, principalmente, calçados femininos e masculinos.
Com relação ao mercado de calçados de segurança, a Alemanha se destaca como o 2º maior produtor da Europa, produzindo mais de 6 milhões/pares por ano, sendo que mais de 90% são feitos em couro. Além disso, no ano de 2018 o país exportou 2,5 milhões/pares e importou 8,7 milhões/pares, tendo crescido 2,4% com relação a 2017. Já o consumo aumentou em 4,4%, alcançando 11,8 milhões de pares em 2018.

MERCADO DO COURO
A Alemanha caracterizou-se por ter sido o 3º maior fabricante europeu, tendo ficado atrás apenas da Itália e Espanha. Já o faturamento anual foi de 500 milhões, onde 70% da são provenientes de receita de exportação.

Além disso, o saldo comercial das exportações e importações de couro na Alemanha mostra que o país é superavitário em todos os segmentos, com exceção do segmento de couro “Semiacabado” (- US$ 28 milhões). O segmento de couro “Acabado” é o que apresenta o maior saldo em 2018, positivo em US$ 121 milhões, apresentando variação de 41,3% com relação a 2017; seguido do Wetblue (+ US$ 67 milhões) e Salgado/Cru (+ US$ 59 milhões).


MERCADO DE COMPONENTES PARA CALÇADOS
Na Alemanha, as exportações de componentes para calçados representaram um total de US$ 55,7 bilhões do setor no ano de 2018, 4,6% a mais do que em 2017. Destacam-se os segmentos de Acessórios (19,6%), Ferramentaria (18,8%) e Químicos para Couro (12,8%), que detiveram maior participação total no setor.

Já as importações tiveram um total de US$ 35,2 bilhões, apresentando 5,1% de crescimento com relação a 2017. Destacam-se os segmentos com maior participação no setor: Acessórios (26,8%), Ferramentaria (19,5%) e Químicos para Calçados (10,9%).

O saldo comercial do setor de componentes para calçados alemão indica que o país é superavitário nesta relação comercial com o resto do mundo. Em 2018, o superávit do setor foi de US$ 20,4 bilhões; ou seja, 3,6% a mais do que em 2017 (US$ 19,7 bilhões).



Sobre o By Brasil Components, Machinery and Chemicals
Os fabricantes brasileiros que integram o setor de componentes interessados em ampliar suas relações comerciais com o mercado externo têm a oportunidade de participar, assim como outras 300 empresas, do projeto By Brasil Components, Machinery and Chemicals, realizado pela Assintecal, Apex-Brasil e Abrameq, que pretende promover um bom desempenho das exportações e, consequentemente, do setor.

O projeto possui soluções adequadas a cada nível de internacionalização, mantendo ao alcance das empresas ações de promoção comercial, inteligência, capacitação, entre outros. Para mais informações, entre em contato por meio do e-mail relacionamento@assintecal.org.br.

Sobre a Assintecal
Há mais de 35 anos a Associação Brasileira de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) atua diretamente na expansão de seu setor coureiro-calçadista. Seu trabalho é reconhecido pela força e diálogo com todas as esferas governamentais, pela consolidação do mercado internacional e pelo desenvolvimento em pesquisas e conteúdo de moda. A entidade responde por um setor que possui 3 mil empresas. Sediada em Novo Hamburgo (RS), possui também escritórios em São João Batista (SC), Nova Serrana (MG), Birigui (SP), Franca (SP) e Jaú (SP).

Sobre a Apex-Brasil
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. A Agência apoia cerca de 11.000 empresas em 80 setores da economia brasileira, que por sua vez exportam para mais de 200 mercados.

A Apex-Brasil também desempenha um papel fundamental na atração de investimento estrangeiro direto para o Brasil, trabalhando para identificar oportunidades de negócios, promovendo eventos estratégicos e dando apoio aos investidores estrangeiros interessados em alocar recursos no Brasil.


Categoria
Compartilhe

Compartilhe por email

Preencha o nome e email para quem você deseja compartilhar

JÁ SOU CLIENTE

Acesse sua conta mais rápido! Faça seu login com o Facebook.
*O e-mail cadastrado deve ser o mesmo da conta do Facebook.
E-mail
Senha

NÃO SOU CADASTRADO

Faça seu cadastra de forma rápida e fácil, basta logar com o Facebook.
E-mail
Primeiro nome

Esqueci minha senha

Preencha seu e-mail abaixo. Você irá receber uma nova senha por e-mail.
E-mail

OPS!